Ninguém disse que eu precisava terminar um blog pra começar outro. Então, juntando o útil (e obrigatório) ao agradável, começo mais um blog.

Dona Vera, designer, arquiteta e mãe, professora de história (e teoria) da arte (e design) pediu para a sala criar um caderno de repertório, que eu chamo de Referências.

Assim, para ser sincero, eu não acredito que pessoas nasçam sem a criatividade. Também não acredito que alguém não seja capaz de produzir algo. Eu, por experiência própria, posso dizer que a criatividade a gente aprende desenvolvendo. Logo alguém chega com uma bicuda pra falar a respeito, mas eu meio que discordei do tal do Maslow. Logo, esse “Caderno” serve para nos encher. Dar inspirações e direções. E na hora do “vamo-vêr”, a gente acaba tendo bastante idéia para criar. Criatividade, para mim, é resumir em poucas ações, a resolução para algo.

É isso, blog inaugurado…. E espero que dure até um dia bom.